fbpx

Pesquisa mostra que os edifícios saudáveis são a bola da vez no mercado imobiliário

28 de abril de 2021

A pandemia de Covid-19 vem gerando profundas transformações na sociedade, no Brasil e no mundo. Entre as tantas mudanças em curso está a valorização e o maior interesse por edifícios classificados como saudáveis. Esse movimento ganhou números com a publicação “A New Investor Consensus: The Rising Demand for Healthy Building”. O trabalho realizado em parceria por três entidades (Bentall GreenOak, Center for Active Design e United Nations Environment Programme Finance Initiative), mapeou as atitudes e as percepções do setor de real estate quanto ao assunto. A amostragem é bastante relevante, com a participação de investidores imobiliários de várias regiões do mundo, que somam mais de 5 trilhões de dólares administrados.

De acordo com o estudo, 92% dos entrevistados esperam que a demanda por edifícios saudáveis ​​cresça nos próximos três anos em todas as categorias de ativos. Além disso, 87% dos participantes notaram um aumento na busca por edifícios saudáveis ​​nos últimos 12 a 24 meses, enquanto 89% dos ouvidos revelaram que pretendem melhorar a estratégia de saúde e bem-estar de sua empresa no próximo ano. O trabalho identificou, ainda, que a maior parte da demanda moderada ou forte por edifícios saudáveis vem dos setores de escritórios (87%) e residencial (61%), seguidos do varejo (48%).

Trata-se de um sinal convincente da direção que o setor imobiliário está tomando e da proeminência dos critérios ESG (Environmental, Social and Governance) na tomada de decisões financeiras. “A saúde e o bem-estar estão emergindo como um componente importante dos critérios ESG, assim como a Covid-19 está influenciando a abordagem dos investidores em relação a essas questões”, destacou o relatório.

Saúde e bem-estar em evidência

Quando questionados sobre os impulsionadores desse aumento de demanda por saúde e bem-estar nos espaços construídos, 94% dos investidores identificaram os inquilinos como o principal grupo de partes interessadas, seguidos por proprietários de ativos (74%) e investidores (66%). A preocupação com a imagem também ficou clara nos dados coletados pela pesquisa global. 86% dos participantes citaram a busca por uma diferenciação no mercado como um motivo para incrementar as ações de saúde e bem-estar, enquanto 83% associaram os edifícios wellness como elementos que contribuem para a construção de uma boa reputação.

Os edifícios saudáveis são aqueles otimizados para a saúde e a segurança dos ocupantes por meio de uma combinação de estratégias que incluem localização, design e operação, capazes de melhorar de forma mensurável os indicadores de saúde física, social e mental dos usuários.

Um desafio no desenvolvimento desses empreendimentos é, justamente, garantir a salubridade real dos ativos. Nesse ponto, os sistemas de certificação wellness oferecem um caminho sólido para atingir esse objetivo, estabelecendo padrões claros de benchmarking.

Hoje, entre os principais selos dedicados à saúde e ao bem-estar dos ocupantes estão o Well e o Fitwel, usados ​​respectivamente por 47% e 39% dos entrevistados do estudo global já citado. Ambas as certificações estabelecem padrões mínimos de qualidade dos espaços, compreendendo questões de saúde física e mental que vão do controle da salubridade do ar e da água, à promoção de atividades físicas. “Outro foco de atenção é com os materiais que são incorporados às edificações e que podem contribuir de forma muito negativa se não forem escolhidos com critério”, explica Adriana Hansen, gerente da Unidade de Sustentabilidade no CTE.

As certificações Well e Fitwel são aplicadas em todo o mundo. Atualmente são 12 mil projetos em processo de certificação Well e cerca de 400 já certificados. Já o Fitwel soma mais de 2000 projetos registrados e 250 certificados.

O CTE oferece consultoria ESG para fundos de investimentos com foco na maximização do desempenho ambiental de todo o portfólio. Por meio da nossa Unidade de Sustentabilidade, também apoiamos os empreendedores durante todo o processo de obtenção de certificações Well e Fitwel. Entre em contato para saber mais!

Clique aqui para baixar o nosso e-book “Certificações Well e Fitwel, um olhar sobre sustentabilidade e pessoas na construção civil”.

Quer receber as
melhores dicas? Assine nossa newsletter

Fique tranquilo, não enviaremos spam.

keyboard_arrow_up