fbpx

Lean construction: Entenda esse conceito e os seus benefícios para a indústria da construção

10 de novembro de 2020

A aplicação da filosofia lean construction (construção enxuta) pode proporcionar ganhos importantes para empresas do setor. Estamos falando principalmente de aumento de eficiência, redução de custos e de prazos, e maior agilidade na resolução de problemas. Quer entender melhor como esses benefícios podem ser conquistados? Siga conosco e tenha uma ótima leitura:

Os princípios lean

A filosofia lean consiste em um conjunto de conhecimentos cuja essência é a capacidade de eliminar desperdícios visíveis e ocultos continuamente e resolver problemas de maneira sistemática. Ela tem sido aplicada há muitos anos em organizações de todos os setores e é baseada nas premissas do Sistema Toyota de Produção (STP).

O Lean Construction nasceu quando estes conceitos da indústria de manufatura japonesa foram adaptados para a Construção Civil, em grande parte graças ao trabalho de Lauri Koskela.

O pesquisador se inspirou no Lean Production (também oriundo do STP) para estabelecer os 11 princípios fundamentais da Construção Enxuta. São eles:

  1. Reduzir atividades que não agregam valor ao produto. A ideia é eliminar, de forma inteligente, etapas desnecessárias ou repetitivas ao longo do processo produtivo.
  2. Aumentar o valor agregado do produto em função das necessidades do cliente.
  3. Minimizar a variabilidade dos produtos/ entregas.
  4. Diminuir o tempo de ciclo de produção. Uma ação típica do lean construction é concentrar os esforços da produção em lotes menores, eliminando interdependências entre as atividades.
  5. Simplificar o processo com a diminuição do número de passos ou partes.
  6. Aumentar a flexibilidade do produto, tornando-o mais customizável.
  7. Aumentar a transparência do processo. Quanto mais transparente for a gestão de obras em todas as etapas, mais simples será a comunicação e menores serão as chances de ocorrerem de falhas.
  8. Controlar o processo global, e não somente as suas partes.
  9. Introduzir a melhoria contínua no processo.
  10. Balancear as melhorias entre o fluxo e as conversões.
  11. Aplicar benchmarking para acompanhar constantemente as melhores práticas do setor.

Ao abordar tão intensamente a redução de desperdícios, a construção enxuta possui um viés de sustentabilidade. Perdas por ineficiência de produção e logística, atrasos decorrentes de falhas de planejamento e baixa produtividade são pontos atacados nesse método de gestão.

Principais benefícios do lean construction

O foco em maximizar o fluxo de valor, reduzir desperdícios e buscar a estabilidade dos processos gera uma série de ganhos para as empresas. Podemos destacar entre os mais marcantes:

  • Otimização dos processos por meio da redução de atividades desnecessárias e da padronização das etapas, tornando o canteiro de obras mais produtivo;
  • Satisfação dos clientes e maior valor agregado às entregas. Passa-se a valorizar mais as necessidades dos clientes e mercados;
  • Processos mais rápidos e redução de tempo de ciclo;
  • Identificação de riscos e falhas com antecedência, possibilitando respostas rápidas;
  • Redução de desperdício de materiais e maior sustentabilidade;
  • Eliminação de retrabalhos.

Como a construção enxuta funciona?

Para ajudar a aplicação dos princípios lean, são combinadas várias  ferramentas, que precisam ser escolhidas em função das particularidades de cada empresa. De modo geral, os instrumentos mais utilizados pelas construtoras são:

  • Programa 5 S — Sistema para organizar os espaços para que o trabalho possa ser realizado de forma  eficiente, eficaz e segura;
  • Linhas de Balanço — Ferramenta de planejamento de atividades que ajuda na implementação da estabilidade básica de processos e a geração de fluxo contínuo dos serviços;
  • Planejamento Puxado — Conceito que foca o planejamento da obra na demanda e na aplicação do just in time, eliminando estoques desnecessários;
  • Mapeamento de Fluxo de Valor (MFV) — Ferramenta para mapear os desperdícios de processos dentro do canteiro e propor melhorias para os serviços;
  • Kanban —  Consiste no uso de cartões que registram a liberação de um serviço ou a retirada de materiais.
  • Arranjo físico —  Se dedica à busca pela melhor organização ou a disposição de vários recursos produtivos como máquinas, equipamentos, instalações e pessoal.
  • Kaizen — É a melhoria contínua de uma atividade. Essa ferramenta foca a eliminação de perdas ou falhas do processo.
  • Gestão visual — Consiste em expor problemas, ações, metas e níveis de desempenho de todo o processo. Uma maneira de aplicar a gestão visual é elaborando listas de verificação e checklists.

Embora essas ferramentas permitam agregar ganhos para as construtoras, é necessário garantir um embasamento metodológico estruturado para que os resultados se sustentem no longo prazo e resultem em uma melhoria contínua de fato.

Segundo Giancarlo De Filippi, diretor da Unidade de Gerenciamento do CTE, o sucesso da implantação lean depende da identificação clara de propósitos por parte da empresa e de um trabalho interno consistente de mudança de mentalidade. Ele explica que não é preciso promover uma revolução interna para implantar conceitos da filosofia enxuta. Com pequenas ações já dá para obter resultados positivos, criando um círculo virtuoso de engajamento interno, conforme as equipes constatam que a metodologia funciona.

Construção enxuta versus construção tradicional

Quando planejamos uma obra utilizando apenas os conceitos tradicionais, usualmente estruturamos as atividades vinculadas de maneira independente. Não consideramos que elas terão variabilidade e incluímos margens de segurança. Nesses casos, o trabalho de gestão foca em resolver os problemas gerados pelo não cumprimento do plano de execução e em replanejar toda a rede de precedência.

Com o conceito lean, estas margens são claramente desperdícios artificiais impostos ao projeto e que não agregam valor. O foco do planejamento não está mais em prever e revisar o plano de execução, mas em garantir que o fluxo seja contínuo, eliminando rapidamente as restrições que podem impedir que as atividades ocorram adequadamente. Assim, naturalmente, os serviços serão cumpridos e os prazos previstos alcançados.

Outra diferenciação se dá com relação à abordagem de melhoria. No método convencional são realizados incrementos pontuais de eficiência através de implantação de novas tecnologias ou ferramentas. No lean, a ideia é obter o incremento de eficiência através das atividades que agregam valor e de uma visão sistêmica.

Lean na Construção

O lean construction é uma metodologia ampla e acessível, com potencial de aplicação em construtoras de diferentes tamanhos e estágios de desenvolvimento. No entanto, embora tenha execução relativamente simples, nem sempre sua aplicação se dá de forma ampla e contínua.

Uma dificuldade comum a muitas empresas é obter o nível de mobilização necessário das equipes. Afinal, uma mudança de filosofia requer quer as pessoas saiam das suas zonas de conforto.

O CTE atua na área de planejamento e gestão de obras juntamente com diversas construtoras do mercado da Construção Civil. Para complementar este trabalho, e proporcionar às empresas um planejamento ainda mais assertivo, o CTE estabeleceu uma parceria com o Lean Institute Brasil.

“O resultado dessa união de competências resultou na criação do Lean na Construção, um grupo de aplicação prática direcionado a empresas do segmento de edificações interessadas em iniciar uma jornada lean”, explica Juliana Divetta Pasotto, coordenadora do programa. Com duração de sete meses e dividido em módulos, a iniciativa prevê a aplicação de práticas enxutas em uma obra-piloto, capacitação dos colaboradores e muita troca de experiências. Clique aqui para saber mais!

Leia também

Lean construction agrega eficiência para construtoras de diferentes portes e segmentos

Para saber mais sobre o lean, assista o webinar promovido pela nossa Unidade de Relacionamento CTE enredes  “Filosofia Lean impulsionando a gestão das empresas da construção civil”.

Quer receber as
melhores dicas? Assine nossa newsletter

Fique tranquilo, não enviaremos spam.

keyboard_arrow_up