fbpx

Inovação e sustentabilidade na Nova Sede do Instituto Elos

4 de dezembro de 2020

Um espaço educador, que represente um modelo de desenvolvimento sustentável e de integração com a natureza. Essas foram as premissas que pautaram o desenvolvimento da nova sede do Instituto Elos, em Santos (SP). Com seis edificações, o complexo ampliará a atuação da entidade que trabalha com mobilização social e formação de lideranças para o desenvolvimento de comunidades vulneráveis.

O conjunto ocupará um terreno de 18 mil m² no Morro da Nova Cintra e contará com auditório, alojamentos e um centro internacional de educação socioambiental capaz de atender simultaneamente até 250 pessoas. Os espaços foram pensados para viabilizar a realização de eventos e a hospedagem de até 100 pessoas durante os processos imersivos de formação de lideranças promovidos pela ONG.

Para Rodrigo Rubido, co-fundador do Instituto Elos, as instalações irão ampliar a atuação da entidade que já impactou mais de 180 comunidades no Brasil e possui prêmios de transparência, liderança e metodologia de diversas instituições. “No Elos, sempre buscamos educar pelo exemplo e é esse o objetivo desse projeto, ser um exemplo para o Brasil e para o mundo”, resume.

HARMONIA COM A MATA ATLÂNTICA

A arquitetura desenvolvida pelos profissionais dos escritórios Ânima e Andrade Morettin buscou reduzir ao máximo o impacto ambiental decorrente de construção e da operação dos edifícios. “O projeto observa as melhores técnicas disponíveis, ao mesmo tempo em que busca criar uma identidade capaz de representar os valores do instituto”, relata o arquiteto Vinícius Andrade, do Andrade e Morettin.

Por estar em uma zona de preservação de Mata Atlântica, um pré-requisito era garantir a possibilidade de desmontagem das edificações ao fim de sua vida útil. Isso contribuiu para a escolha da madeira engenheirada como solução estrutural, método industrializado que utiliza matéria-prima renovável e que captura carbono.

A taxa de ocupação do terreno será de apenas 5%, favorecendo o restauro e a preservação da biodiversidade nativa. Visando reduzir ainda mais os impactos, os edifícios do Espaço Elos contam com estruturas destacadas do solo para melhorar as condições de drenagem. A conexão entre os prédios ocorre por grandes passarelas ao ar livre.

Paralelamente, um conjunto robusto de práticas foi incorporado para agregar sustentabilidade. Destacam-se, nesse sentido, tecnologias para reuso de água, sistemas prediais de alta eficiência energética e jardins de chuva para drenagem. “As estratégias incluem, ainda, horta para a produção de alimentos orgânicos, sistema de compostagem, além de conceitos de arquitetura bioclimática, como sombreamento das envoltórias, ventilação cruzada e isolamento térmico”, revela a arquiteta Myriam Tschiptschin, gerente da Unidade de Smart Cities e Infraestrutura Sustentável do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE)

SELOS DE SUSTENTABILIDADE

Por meio de três de suas unidades, o CTE participou ativamente do desenvolvimento do Espaço Elos. A equipe de Gerenciamento atuou na coordenação dos projetos e na elaboração do orçamento preliminar. O time de Gustentabilidade ofereceu consultoria para certificação LEED BD+C e análise crítica de conforto térmico. Houve, ainda, um apoio importante da unidade de Smart Cities para a definição de estratégias para a certificação Sustainable Sites. 

“Desde que conhecemos as ações do Elos, procuramos trazer projetistas comprometidos com o propósito de impacto positivo na sociedade e no meio ambiente”, conta Myriam Tschiptschin. Segundo ela, essa sinergia possibilitou o desenvolvimento de um trabalho singular com foco na preservação de recursos naturais e na promoção de saúde e conforto aos futuros ocupantes. A colaboração permitiu, ainda, atrelar as estratégias de sustentabilidade aos meios de educação ambiental, em alinhamento à vocação educacional do Elos.

A concepção inicial ficou a cargo da própria equipe do Instituto, que realizou um amplo processo participativo para desenvolvimento do espaço. O escritório Ânima Arquitetura e Planejamento, de propriedade do mesmo grupo de fundadores do Elos, assumiu a tarefa de transformar os sonhos em uma primeira ideia de arquitetura e no projeto legal. Para isso, contaram com a colaboração dos arquitetos André Mafra e Sacha Sinkovich; recebendo também a contribuição da arquiteta Leiko Motomura e Leonardo Monteiro, responsáveis pelos os primeiros estudos de arquitetura sustentável.


Ficha Técnica

Projeto: Espaço Elos

Local: Santos – SP

Área: 2.287 m²

Arquitetura: Andrade Morettin Arquitetos e Ânima Arquitetura e Planejamento

Coordenação de projetos e Consultoria de Sustentabilidade: CTE

Estrutura: Amata
Consultoria e Projeto Estrutural: Arquimedes Costa Engenharia Estrutural

Fundações: MG&A Consultores de Solos

Contenções: Maccaferri do Brasil Ltda.

Projeto hidrossanitário, drenagem pluvial e energia solar: Geasa Engenharia Ltda.

Paisagismo e projeto de conservação hídrico: Licuri Paisagismo

Tratamento de efluentes: SAO – Tomaz Gregori Kipnis

Melhores Webinars de 2020!

Quer receber as
melhores dicas? Assine nossa newsletter

Fique tranquilo, não enviaremos spam.

keyboard_arrow_up