Os benefícios a longo prazo de uma construção sustentável

A construção civil é hoje um dos ramos de atuação mais importantes para o setor econômico do nosso país e o responsável por movimentar nosso Produto Interno Bruto (PIB), empregando a força trabalhista.

A tendência é a de que o mercado das tecnologias ambientais – seguindo por uma linha sustentável – entre no cenário da construção com o objetivo de construir imóveis com o mínimo impacto ambiental possível.

Pensando nisso, trouxemos no nosso artigo as vantagens associadas ao conceito de uma construção sustentável e seus principais benefícios a longo prazo. Confira conosco!

O que vem agregado ao conceito de construção sustentável?

Uma construção sustentável traz em seu conceito o fato de que a inovação tecnológica segue atrelada a cadeia produtiva da construção em toda a sua extensão. Ou seja, obras mais eficientes, com menos impacto ao meio ambiente e uma melhor qualidade de vida, desde a extração de matéria prima até o término da construção.

Atualmente, esse conceito de sustentabilidade na construção une a harmonização socioambiental às tecnologias disponíveis no mercado a fim de aumentar o aproveitamento dos recursos, da mão de obra e de tempo.

Indo ainda mais além, ao fazer uso inteligente dos materiais com a máxima eficiência e o menor desperdício!

E um fato também importante de pontuar é que, com um planejamento cuidadoso e inovador, pode-se haver o correto aproveitamento de materiais alternativos como a madeira de reflorestamento, ou até mesmo cinzas. Muito valor agregado!

Os Benefícios da construção sustentável

No âmbito da construção civil, cada tipo de material e técnica pode oferecer seus benefícios próprios. Podendo ir desde os setores ambientais, como também os econômicos e os socioculturais.

De fato, são inúmeros os fatores que podem contribuir como benefícios da construção sustentável.

Listamos a seguir algumas das principais vantagens atreladas a este processo sustentável, a médio e longo prazo:

  • Redução do consumo de energia (iluminação e climatização) durante a fase de construção do empreendimento
  • Redução do uso de matéria prima de custos elevados (ao trocar o aço por concreto leve, por exemplo)
  • Otimização no uso dos insumos ao reduzir o desperdício de materiais
  • Aumento do aproveitamento de recursos
  • Redução na geração de resíduos sólidos
  • Agilidade na reciclagem e reutilização desses mesmos resíduos
  • Economia com os custos de manutenção do empreendimento
  • Facilitação da mão de obra, devido os materiais serem mais leves e menos nocivos
  • Maior agilidade de processos, considerando esta mão de obra facilitada
  • Aumento da produtividade na construção
  • Redução do impacto ambiental da construção sobre o meio ambiente
  • Redução do impacto ambiental da construção sobre as comunidades vizinhas
  • Produção de estruturas com mais resistência a deterioração
  • Imóveis mais confortáveis e saudáveis para os seus usuários
  • Aumento da valorização de mercado para o imóvel construído e seu poder de revenda
  • Entre outras contribuições e vantagens.

Em suma, é perfeitamente plausível se afirmar que o conceito de construção sustentável está vinculado a várias opções vantajosas – para empreiteiras e também para a sociedade!

O CTE – Centro de Tecnologia de Edificações pensa e colabora para a inovação e eficiência da construção civil, inclusive de forma sustentável.

Quer saber mais sobre tecnologias ambientais? Fale conosco. Teremos o maior prazer em fornecer mais informações.

E você, gostou do nosso conteúdo? Compartilhe!

Quer receber as
melhores dicas? Assine nossa newsletter

Fique tranquilo, não enviaremos spam.

keyboard_arrow_up