fbpx

Conheça 6 habilidades fundamentais aos engenheiros de hoje e do futuro

12 de março de 2021

O desempenho dos engenheiros que atuam em obras depende da combinação de uma série de habilidades. Além de conhecimento técnico, é preciso saber gerenciar, planejar, analisar e controlar atividades. Também é necessário lidar com a cobrança pelo cumprimento de metas pré-estabelecidas relacionadas a custos, prazos e qualidade. 

Em um contexto de aquecimento do mercado, a pressão sobre esses profissionais tende a ser crescente. As expectativas vão muito além de um diploma e de um registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). Quer saber mais sobre esse tema? Então, continue conosco:

1) Disposição para novos modos de fazer — A construção civil passa por um momento de transformação digital, com muitas empresas voltando-se para a inovação. Sentir-se confortável em um ambiente em constante mutação é algo importante para o profissional que almeja uma carreira de sucesso. 

Em outras cadeias, a Indústria 4.0 já exige de seus profissionais competência para trabalhar em redes, em oposição às estruturas hierárquicas e rígidas do passado. O que fazer de tantas mudanças? É preciso estar aberto ao novo, ser flexível e ter disposição para aprender e mudar. 

Segundo o relatório The Future of Jobs Report, do Fórum Econômico Mundial, quase 80% da cadeia de valor do setor de infraestrutura será modificada pela adoção de novas tecnologias até 2030. A pesquisa projeta, também, que até 55% da força de trabalho será reduzida por conta da automação de tarefas.

2) Comunicação clara e assertiva — Em várias indústrias, a comunicação é uma das soft skills (habilidades interpessoais) mais valorizadas. Na construção civil não é diferente. Em uma obra, a qualidade da comunicação está diretamente ligada ao cumprimento de prazos e à execução das atividades com qualidade e segurança. Em um momento o engenheiro pode estar resolvendo questionamentos diretamente com as equipes de execução. Minutos depois ele pode estar em uma reunião com clientes ou com projetistas. Saber navegar nestas diferentes camadas adequando seu discurso ao interlocutor é um fator de sucesso.

Ainda sobre a comunicação, vale ressaltar dois pontos: 1) Se comunicar bem não significa apenas se expressar, mas também saber ouvir; 2) Para favorecer a comunicação, o profissional pode se valer de múltiplos recursos, de reuniões de alinhamento presenciais com a equipe, aos dispositivos mobiles.

3) Gestão de recursos humanos — Para garantir que os objetivos do projeto sejam alcançados, o engenheiro precisa desempenhar um papel de liderança, ser capaz de delegar tarefas e de inspirar sua equipe. Dos profissionais à frente dos canteiros, as empresas esperam um perfil aglutinador, com competência para gerenciar pessoas com foco em um objetivo comum.

4) Espírito empreendedor — Os tempos atuais exigem que os profissionais tenham um perfil mais empreendedor e dominem técnicas de vendas e de negociação. Afinal, mesmo quem não é da área comercial, deve atuar para melhorar o desempenho financeiro do negócio.

A valorização da gestão da produção e da qualidade também requer do engenheiro um perfil diferente do clássico estilo tocador de obras ou burocrático/administrativo. O gestor precisa agir como um empresário, cuidando da obra como se fosse o seu negócio. Afinal, a responsabilidade do engenheiro sobre a execução da obra é ampla e intransferível.

5) Disposição para atualização constante — Um ensino superior robusto é fundamental para a formação de qualquer profissional. Mas a graduação já não é o bastante. Para os engenheiros, a formação continuada deve ser uma prioridade, ainda que a carga de trabalho possa atrapalhar. Para tanto é possível recorrer à realização de cursos de especialização, MBAs, seminários e outras atividades que estimulem o networking

6) Gerenciamento de projetos — Dos engenheiros civis que atuam em construtoras são esperados conhecimentos sobre gerenciamento de projetos, incluindo análise de riscos, custos e finanças. As construtoras costumam analisar o desempenho de seus engenheiros de obra sob o aspecto técnico e gerencial com foco no tripé obediência aos prazos, atendimento ao orçamento pré-estabelecido e garantia de execução condizente com o padrão de qualidade da construtora. 

O Centro de Tecnologia de Edificações (CTE) é uma empresa de consultoria e gerenciamento especializada em qualidade, tecnologia, gestão, sustentabilidade e inovação para a cadeia da construção civil. Desenvolvemos uma série de atividades voltadas para a capacitação dos profissionais do setor. Entre em contato para saber mais!

Para saber sobre as vagas em aberto, acesse aqui!

Quer receber as
melhores dicas? Assine nossa newsletter

Fique tranquilo, não enviaremos spam.

keyboard_arrow_up