fbpx

Como driblar a ineficiência da construção civil com estratégia e tecnologia

O setor da construção é o que mais consome recursos naturais. Levando-se em conta que também há um grande desperdício nessa área e que nem todos os envolvidos estão comprometidos com o processo, é possível afirmar que há ineficiência na construção civil no que diz respeito à estratégia e tecnologia.

Uma vez que essa ineficiência afeta toda sociedade e o planeta, é preciso buscar meios de driblá-la. E é exatamente isso que abordarmos neste post.

A ineficiência da construção civil e o impacto na sociedade

Estudos desenvolvidos pela Escola Politécnica da USP revelam que em uma obra há perda de 8% em materiais e as financeiras podem chegar a 30%. É uma soma bem considerável que vai embora por desperdício de:

  • Materiais: sobras de materiais e, ainda, produtos que são usados para refazer trabalhos executados de modo incorreto – muitas vezes porque o trabalhador não respeita as especificações do projeto – geram gastos financeiros e impactos no meio ambiente.
  • Equipamentos: máquinas quebradas, apresentando falhas ou sem uso – por planejamento inadequado – representam perda de dinheiro e atraso na entrega da obra.
  • Mão de obra: a falta de materiais ou de equipamentos impede a execução das tarefas, comprometendo o cronograma da obra e deixando o trabalhador ocioso.

Além desses desperdícios, provenientes da ineficiência de planejamento, existe o impacto ambiental que pode ser observado em cenas cotidianas. Resíduos de obras vão parar na beira dos rios, em terrenos baldios e até mesmo em ruas, interferindo diretamente na qualidade de vida da população.

Mas não são esses os únicos impactos que a construção civil gera no meio ambiente. O consumo de água e energia – desde a produção de materiais usados na construção, passando por sua execução até o momento em que o empreendimento passa a ser utilizado – é extremamente relevante e requer uma estratégia inteligente.

A melhoria nos processos é necessária. E é possível também, como veremos no próximo tópico.

Estratégia e tecnologia: essenciais para superar a ineficiência

Podemos afirmar que o sucesso de um projeto começa com um bom planejamento de cada etapa de trabalho, possibilitando que as atividades de cada equipe sejam efetuadas de modo coordenado e sem improviso.

Pensar com estratégia os processos de construção civil influencia diretamente o controle de tempo, qualidade e custos.

O esforço no sentido de reduzir o consumo de energia elétrica e de água, maior controle de materiais e uso de equipamentos, assim como a diminuição de resíduos, gera mais do que economia financeira: permite conquistar uma imagem positiva para o projeto – sobre esse assunto recomendamos a leitura de nosso artigo “Quais são os selos de uma construção sustentável e como obtê-los?

Mas diante da gigantesca quantidade de informações que envolvem os processos de uma obra, como acompanhar e controlar todas elas, tendo acesso a esses dados a qualquer momento – inclusive remotamente? A resposta está no uso da tecnologia.

Soluções tecnológicas permitem registrar, atualizar em tempo real, compartilhar e acessar as informações da obra, oferecendo eficiência ao gestor que, também, passa a ter uma visão abrangente de todo o processo, evitando imprevistos.

A Inteligência Artificial (AI) já tem sido utilizada na construção civil, podendo gerar maior segurança no canteiro de obras, enquanto a Internet das Coisas (IoT) pode ser alternativa para rastrear a movimentação de materiais, elevando o nível de produtividade – para ficarmos em apenas dois exemplos de utilização.

A tecnologia, quando parte de uma estratégia elaborada, pode aproximar construtores e fornecedores, melhorar comunicação entre todos os envolvidos nos processos, gerar conhecimento.

Como vimos, é possível driblar a ineficiência na construção civil usando estratégia e tecnologia. Com inteligência, pensamento inovador e soluções personalizadas, é possível aumentar a qualidade e produtividade nas obras, reduzindo custos.

É assim que a equipe do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações pensa e colabora para a inovação e eficiência da construção civil. E você, o que acha desse assunto? Compartilhe sua visão conosco.

Quer receber as
melhores dicas? Assine nossa newsletter

Fique tranquilo, não enviaremos spam.

keyboard_arrow_up