CTE atinge a marca de 150 projetos certificados LEED® no Brasil

Com a certificação do empreendimento Golgi Seropédica G2 no Rio de Janeiro, no mês de maio de 2016, o CTE atinge a marca de 150 projetos certificados LEED® no Brasil.

Os 150 projetos certificados tiveram consultoria do CTE para todo o processo de certificação, desde as fases de projeto e execução das obras até a finalização, o que ratifica a posição de liderança do CTE neste segmento do mercado.

São projetos de diversas tipologias: estabelecimentos comerciais, edifícios industriais, edifícios corporativos, hospitais, data centers, centros de distribuição, galpões logísticos, escritórios de empresas, laboratórios, centros esportivos, agências bancárias, estádios de futebol, bairros.

Esses empreendimentos estão localizados nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, sendo que a região Sudeste concentra 91% dos projetos.

 

 

CERTIFICAÇÃO LEED

O LEED® (Leadership in Energy and Environmental Design) é um sistema de certificação internacional, criado pelo USGBC (U.S. Green Building Council), que avalia projetos sob os critérios de eficiência e racionalização de recursos e incentiva também soluções e tecnologias sustentáveis nos projetos e obras, com o intuito de reduzir os impactos ambientais das edificações. O selo disponibiliza certificação nas seguintes tipologias:

 

 

O nível da certificação é definido conforme a quantidade de pontos adquiridos pelo empreendimento ao atender os critérios exigidos pelo sistema, podendo variar de 40 pontos a 110 pontos, o que define a conquista do nível Certified, Gold, Silver ou Platinum.

Entre os 150 projetos certificados com consultoria CTE, 58% obtiveram certificação LEED CS (Core & Shell), comprovando que os empreendimentos comerciais corporativos impulsionaram as edificações verdes no país, e 2,66% obtiveram a certificação LEED EB O&M (Existing Buildings), apontando que esta pode ser a nova oportunidade de expansão de retrofits verdes. Já quanto ao nível de certificação, a maioria conquistou o nível Gold (47,3%).

 

 

É importante ressaltar que o LEED conta com uma sessão brasileira que vem desenvolvendo a adaptação e regionalização de alguns requisitos, por meio do GBC Brasil (Green Building Council Brasil). Atualmente, o Brasil ocupa o quinto lugar no ranking em empreendimentos em busca da certificação LEED, atrás somente dos Estados Unidos, Canadá, China e Índia. Em junho de 2016, além de 349 edificações certificadas, haviam 1.110 empreendimentos registrados em análise. Pela média, quase 03 empreendimento por dia entram com pedido de registro para certificação LEED no Brasil.

DESEMPENHO E ECONOMIAS DOS GREEN BUILDINGS

As edificações brasileiras são responsáveis pelo consumo de 21% da água tratada, 50% de toda energia elétrica produzidos no país e ainda geram 25% dos resíduos sólidos. Esses consumos extraordinários, aliados ao cenário de dificuldade do país decorrente da escassez de água e da crise energética, têm estimulado empresas e consumidores destes recursos a encontrar soluções econômicas e eficientes para superar essas dificuldades.

Os green buildings representam uma contribuição expressiva para a redução do consumo dos recursos naturais, tanto na construção como na operação dos edifícios. O alto desempenho ambiental dos edifícios traz vantagens econômicas, como redução de despesas operacionais e de custos de manutenção. E estas geram novas oportunidades, pois o valor que será economizado pelos green buildings acaba também por incentivar novas ações sustentáveis, tanto por parte das empresas como dos usuários.

CONFIRA A ESTIMATIVA DE ECONOMIAS GERADAS PELOS 150 PROJETOS CERTIFICADOS LEED, PROMOVIDAS PELO CTE E SEUS CLIENTES

 

 

A HISTÓRIA SUSTENTÁVEL DO CTE

O CTE foi pioneiro na certificação no Brasil e iniciou seus primeiros trabalhos de consultoria LEED em 2006 por conta de uma demanda de incorporadores internacionais. Na época, os novos clientes requisitaram que a mesma certificação obtida por seus empreendimentos no exterior fosse também aplicada nos edifícios que seriam construídos no Brasil. A partir dessa demanda, o CTE desenvolveu um estudo técnico com esses clientes para comprovar que era possível obter tal certificação LEED no Brasil, e, a partir dessa constatação, complementou suas competências e passou a fornecer mais esse serviço em seu portfólio.

No decorrer do tempo, o LEED tornou-se o selo mais adotado no Brasil e o CTE tornou-se líder em consultoria green building no país, sendo a primeira empresa brasileira fora dos EUA a alcançar o título LEED® Proven Provider, concedido pelo USGBC (U.S. Green Building Council) e GBCI (Green Building Certification Institute). Este título é concedido às empresas que demonstram, ao longo do tempo, um desempenho bem-sucedido e consistente na submissão de documentos de certificação LEED de alta qualidade e livres de erros, ou seja, pela excelência na qualidade da documentação de certificação LEED de seus projetos.

Hoje o CTE conta com uma equipe composta por mais de 160 colaboradores, com alto nível de formação acadêmica, experiência e conhecimento técnico nos diversos temas ligados à alta performance dos empreendimentos. Entre os grandes diferenciais de seu trabalho estão o know-how técnico e a experiência acumulada em consultoria green building para mais de 300 empreendimentos de diferentes portes e em todas as tipologias, além da vanguarda e pioneirismo na introdução das mais avançadas tecnologias, produtos e sistemas construtivos nos projetos, resultante de pesquisas técnicas realizadas pela equipe CTE.

ACOMPANHE A TIMELINE DOS 150 PROJETOS CERTIFICADOS LEED COM CONSULTORIA CTE