Estádio Mineirão alcança nível máximo da certificação LEED®

Estádio Mineirão alcança nível máximo da certificação LEED

Reformado para receber seis jogos da Copa do Mundo de 2014, o Mineirão é o primeiro e único estádio do Brasil a conquistar o selo Platinum, nível máximo da certificação LEED® (Leadership in Energy and Environmental Design).

Concedida pelo USGBC (United States Green Building Council), a certificação LEED for New Construction do Mineirão avalia e reconhece soluções e tecnologias sustentáveis adotadas no processo de construção para reduzir os impactos causados no meio ambiente durante toda a vida útil da edificação. Além disso, garante uma gestão consistente do empreendimento, embasada em políticas e processos de manutenção de equipamentos, na gestão de energia, água, resíduos, e serviços, como, por exemplo, limpeza e o paisagismo. O objetivo final é maximizar a eficiência operacional e minimizar os impactos ambientais.

O estádio com cerca de 51.000 m² de área construída contou com consultoria green building do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações, que participou desde o início da fase do projeto de reforma e modelagem sustentável do estádio até a entrega das obras, atuando diretamente com os empreendedores, projetistas e construtora para a conquista da certificação LEED.

A Minas Arena foi a empresa responsável pela execução das obras de reforma e modernização do Mineirão, por meio do contrato de parceria público-privada (PPP) firmado com o Governo do Estado de Minas Gerais. Constituída pelas construtoras Construcap, Egesa e HAP Engenharia, a Minas Arena tem o direito de explorar a comercialização do estádio e estruturas coligadas por 25 anos, sendo obrigada a cumprir metas de qualidade operacional e de gestão.

“O fato de o projeto tratar de uma renovação massiva de um estádio já existente possibilita a comparação dos padrões de consumo de água e energia antes da reforma, por exemplo. Os resultados são muito visíveis e relevantes, mostra o quanto as estratégias escolhidas foram eficazes para minimizar o impacto sobre o meio ambiente e trazer conforto também aos usuários. Foi muito gratificante participar de um projeto que deixa um legado importante aos cidadãos brasileiros”, afirma Marina Lympius, consultora de projetos sustentáveis do CTE.

Com a certificação, o Mineirão passa a ser reconhecido pela sua alta performance ambiental. Entre os destaques, estão: redução de 43% do custo operacional com consumo de energia, diminuição de 76% no consumo de água potável com a demanda de bacias e mictórios sendo abastecida com água de reuso, e 100% de economia de água potável para irrigação nas áreas de paisagismo.

“Uma das nossas maiores preocupações sempre foi o compromisso com o meio ambiente, então fazemos tudo voltado para a eficiência energética e não poluidora. Essa foi uma vitória, pois o novo Mineirão foi todo pensado em cima da consciência ambiental”, comemora o Gerente de Tecnologia da Minas Arena, Otávio Góes.

A certificação do estádio do Mineirão demonstra que é possível construir grandes obras com eficiência e baixo impacto no país. “A equipe dedicada à reforma do estádio Mineirão alcançou grandes feitos de projeto, engenharia e sustentabilidade, enfrentou com eficiência as dificuldades do curto prazo para entrega de uma obra associada ao grande volume de atividades, sempre planejando e executando os controles ambientais necessários”, comenta Fabio Pozzer, coordenador de obras sustentáveis do CTE.

Veja os diferenciais sustentáveis do Mineirão:

Terreno sustentável

 

Uso racional de água

 

Energia e atmosfera

 

Materiais e recursos

 

Qualidade do ambiente interno

Fonte: http://www.cte.com.br