Lula quer turno extra para obras do PAC

 

ALAGOAS, 3 de fevereiro de 2009 - O governo vai aumentar investimentos públicos por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para estimular a economia e tentar minimizar os efeitos da crise. O assunto foi discutido ontem com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na primeira reunião ministerial do ano.

Segundo o ministro Guido Mantega (Fazenda), o governo também estuda medidas para reduzir o spread bancário e o custo do crédito, mas não deu detalhes. Spread é a diferença entre o custo de captação de capital dos bancos e o que cobram para emprestá-lo aos clientes.

Mantega, falando após quase dez horas de reunião na Granja do Torto, repetiu que a crise deve afetar o Brasil de maneira menos intensa: 3O presidente Lula falou em ousadia. Não é hora para uma reação tímida. Todos os ministros, de todas as áreas, foram orientados a sustentar os programas prioritários3. Ele minimizou o bloqueio provisório de R$ 37 bilhões do Orçamento da União deste ano, que poderá ser revisto. (Gazeta de Alagoas)