Greenbuilding Brasil: evento internacional superou expectativas e teve participação do CTE

Nos dias 1 a 3 de setembro, a capital paulista foi palco para a maior discussão sobre sustentabilidade na construção civil da América Latina. A GREENBUILDING BRASIL – CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO reuniu nos auditórios da Fecomércio mais de 900 pessoas e 181 expositores, de várias partes do mundo. No terceiro dia do evento, a programação foi itinerante e os participantes foram visitar quatro dos principais empreendimentos sustentáveis do país.

Ponto-chave para o sucesso do evento, os dados econômicos sobre o setor motivaram o público presente. Com custo 6% maior que os padrões convencionais, a construção sustentável garante retorno financeiro a curto prazo, em dois ou três anos. O retorno se dá por conta da implantação de modernas tecnologias que geram 30% de redução no consumo de energia, 25% menos emissões de CO2, reduzem entre 30% e 50% o uso de água e em até 60% a quantidade de resíduos durante a obra. Os dados foram apresentados na abertura do evento, na palestra de Nelson Kawakami, CEO do GBC Brasil.  Outros dados da apresentação mostraram que a maior barreira no crescimento da construção sustentável é falta de informação.

Mas a resistência por parte dos empresários começa a mudar. Pesquisa do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações e da CriActive revela que 41% do volume de obras no Brasil já são de empresas envolvidas com técnicas sustentáveis. O número de empreendimentos que aderem ao processo de certificação pulou de um, no ano de 2004, para 162 em 2009, ocupando mais de 6 milhões de m2. Para 2010, a expectativa do GBC Brasil é fechar o ano com 250 novos empreendimentos em processo de certificação. Atualmente, o Brasil possui 19 edificações com a certificação LEED (o maior selo mundial da construção sustentável), o que garante ao país o 5º lugar no ranking quantitativo de construções sustentáveis, atrás apenas de EUA, Emirados Árabes, Canadá e China.

A 1ª GREENBUILDING BRASIL aconteceu nos mesmos padrões da consolidada Greenbuild americana, um importante fórum de discussão sobre construção sustentável no EUA. No Brasil, o evento atraiu um público altamente qualificado, composto em sua maioria por arquitetos, engenheiros, consultores e especialistas da área de construção civil. Os participantes puderam participar de mais de 50 palestras, além de visitar um espaço com estandes de amostras de projetos e produtos do segmento. Entre visitantes, expositores e palestrantes estiveram presentes estrangeiros do EUA, Japão, Holanda, México, Coreia e Argentina.


CTE participou com marco histórico de várias frentes do evento

Além de o CTE ter sido um dos patrocinadores do evento, ao lado de grandes empresas e instituições comprometidas com a sustentabilidade na construção, participou com estande próprio na área de exposições, mostrando todo o seu trabalho realizado em consultoria green building com os projetos para construções sustentáveis e as certificações ambientais de empreendimentos.

Anderson Benite, Diretor da Unidade de Sustentabilidade do CTE, foi também um dos plalestrantes da Conferência Internacional, abordando o tema "Copa 2014: A oportunidade Green Building". Benite apresentou os projetos de arenas sustentáveis em andamento, que têm consultoria do CTE, e os padrões sustentáveis que podem ajudar a quem busca financiamentos com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), já que reduzem os impactos ambientais e garantem retorno financeiro em curto prazo, com menores custos de água e energia na edificação e gestão dos empreendimentos.

"O BNDES, no sentido de promover uma copa sustentável do ponto de vista econômico e ambiental, criou dois programas: um para financiamento da construção e reforma dos estádios e outro para incentivar o setor hoteleiro para ampliar a qualidade e capacidade de hospedagem. Ambos exigem que as edificações sejam mais sustentáveis e considerem elevados padrões de desempenho ambiental, inclusive exigindo certificações, como o LEED, Procel e NBR 15.401", explica Benite, responsável pela palestra que aconteceu no segundo dia do evento.
 


Estande do CTE ressalta consultorias realizadas em projetos para construções sustentáveis e certificações ambientais de empreendimentos

O sucesso do evento, incluindo a grande participação de profissionais e empresas do setor, demonstra que a sustentabilidade na construção civil veio para ficar. Este foi o primeiro evento promovido pelo GBC Brasil e os resultados já foram surpreendentes. As palestras do primeiro dia possibilitaram uma visão geral do Mercado e de como empresas estrangeiras abordam o tema. Já no segundo dia, foram apresentadas diversas palestras e cases relacionados com a construção sustentável.

O evento coincidiu com um momento histórico do CTE que atingiu, no mês de setembro, um importante marco: tem hoje 100 empreendimentos de várias tipologias em consultoria em green building no Brasil, sendo que 80 deles buscam certificação LEED. A participação do CTE no evento consolidou, portanto, sua atuação e liderança na área de sustentabilidade na construção brasileira nos últimos quatro anos.

“Participarmos deste evento foi uma oportunidade única para conversarmos com diversos clientes, fabricantes, parceiros e colegas profissionais sobre um tema de grande importância. Além disso, pudemos mostrar o resultado do trabalho de uma grande equipe, altamente capacitada, que sempre manteve os padrões de qualidade e de atendimento aos seus clientes, fruto de uma empresa que completa 20 anos de liderança em consultoria para construção civil nacional.”, afirma Benite. O diretor do CTE ressaltou ainda que “daqui a alguns anos, os profissionais do Mercado irão enxergar o CTE como um dos propulsores da construção sustentável no País, da mesma forma que o CTE foi reconhecido pelo movimento da qualidade na construção civil, com mais de 1.500 empresas certificadas na ISO9001, PBQP-H, ISO14001”.

 
O CTE também comemorou no evento um marco histórico: em setembro, a empresa atingiu 100 empreendimentos em consultoria Green Building


Próximos passos

De acordo com Marcia Coimbra, Gerente da Unidade de Negócios de Congressos da Reed Exhibitions Alcantara Machado, o evento foi um sucesso já em sua primeira edição. "O feedback que recebemos do público, dos palestrantes e dos patrocinadores foi imediato e positivo. Em cada palestra, a participação do público, interagindo e perguntando, deixou claro o interesse das pessoas em entender mais sobre construção sustentável. Os corredores da exposição lotados é outro fator que evidencia esse interesse."Diante da alta procura, o evento já tem data no calendário da promotora para o próximo ano: de 29 a 31 de agosto, também na Fecomércio”, afirma Coimbra.

Clique aqui e veja a apresentação da palestra “Copa 2014: A oportunidade Green Building", de Anderson Benite

Mais informações sobre o evento: www.expogbcbrasil.org.br